CENTRO VOCACIONAL SÃO JOÃO PAULO II

Av. Anápolis, 2020 - Jardim das Aroeiras - Goiânia - GO | 74770-495

(62) 3203 1347 | contato@vocacionalgoiania.com.br

EQUIPE PV

ENCONTROS

SOS VOCACIONAL

O.V.S.

COROINHAS E ACÓLITOS

E.V.P.

VOCAÇÕES

INTERATIVIDADE

SEMINÁRIOS

LINKS

DOWNLOADS

CONTATOS

MATRIMÔNIO

“Tendo-os Deus criado homem e mulher, seu amor mútuo se torna uma imagem do amor absoluto e indefectível de Deus pelo homem”.

Catecismo da Igreja Católica, § 1604

        São aqueles chamados a viver o casamento, a vocação da família. Nos dias atuais, pouco se fala e se entende a família como uma vocação. Porém, para ela, também é necessário o discernimento à preparação e à adesão madura a esse chamado. A vocação ao matrimônio tem fundamental importância, pois a família é o “berço das vocações”, é dela que surgem todas as outras.

   Sobre a família, padre Ronaldo destaca que São João Paulo II afirmava que a família é a Igreja Doméstica. Em família, se experimenta e se despertam todas as vocações. “A evangelização e a catequese se iniciam, primeiramente, em casa. Os jovens, por meio dos exemplos, experiências e vivências, despertam o desejo de buscar ou até mesmo de se aprofundar em uma vocação que eles aprenderam a admirar ou que se sentiram tocados”.

       A família é o primeiro lugar das vocações, ela é o lugar do testemunho. Quando dentro da família já se tem uma vivência cristã, uma proximidade com Deus, normalmente é mais fácil o processo de discernimento vocacional, até mesmo por já existir um ambiente de oração, uma vida de comunidade, assim há uma abertura natural ao chamado.

 

Texto retirado do Jornal “O Encontro” Edição 167ª - 30 de julho de 2017, créditos de Talita Salgado.